Family farming and Agroecology

100% Complete (warning)

A Agricultura Familiar e a Agroecologia são soluções sustentáveis que garantem o ganha pão das famílias que escolhem a vida no campo enquanto garantem o alimento para as cidades. O Fundo CASA investe em iniciativas de comunidades que escolhem não utilizar agrotóxicos em suas produções e mantém boa relação com as florestas e ambientes naturais ao seu redor. Conheça alguns projetos apoiados:

Eco-Vida no Cerrado Barreirinhense

O CDHB – Centro dos Direitos Humanos de Barreirinhas, é uma organização maranhense que acompanha as comunidades trabalham na preservação do meio ambiente, buscando evitar os desmatamentos provocados pela implantação das empresas de monoculturas, e outras questões socioambientais no município de Barreirinhas e regiões próximas.

Em 2013, o CDHB recebeu apoio do Fundo CASA para melhorar as práticas de manejo, de coleta e de aproveitamento de frutos do Cerrado e de mel de abelha meliponea (nativa da região) nas comunidades, aproveitando melhor cerrado maranhense e suas espécies frutíferas como a Mangaba, o Mirim, o Pequi, o Murici e o Bacuri e outros. Com o apoio, a comunidade pode proteger com cercas as regiões que possuem as espécies manejadas, compraram equipamentos para cultivo e armazenamento das polpas, construíram instalações para a produção agroextrativista e realizaram oficinas de criação de abelha e produção de mel, assim como a extração da polpa.

Agroecolocia em Guapiruvú

Em Guapiruvú, no estado de São Paulo, era comum pessoas serem presas por conta da extração ilegal de palmito na reserva de Mata Atlântica próxima a região. Hoje, estas mesmas pessoas estão plantando e cuidando de milhares de mudas de palmito que plantado junto com bananeiras formam agroflorestas, graças ao programa de microcrédito desenvolvido pela AGUA.

Associação de Amigos e Moradores de Guapiruvú- AGUA, promove o desenvolvimento econômico baseado no trabalho comunitário e no respeito ao meio ambiente, ajudando a oferecer alternativas à caça e à extração predatórias. De um coletivo de distribuição de bananas às brigadas infantis de coleta de lixo, do ecoturismo ao agroflorestamento (a integração da agricultura sustentável à floresta natural), da pesquisa de plantas medicinais ao programa de microcrédito, a AGUA parece fazer de tudo.

A Amanu não deixa morrer o valor e a cultura de quem vive no campo

A Amanu é um exemplo de como influenciar positivamente a sociedade ao seu redor e realizar iniciativas importantes organiza. A organização organiza o Grupo de Feirantes e Grupo de Consumidores Responsáveis da Feira Raízes do Campo em Jaboticatubas, coordena o Grupo de Alimentos do Cerrado, e participa do Fórum Metropolitano de Educação de Jovens e Adultos, do Grupo Sementes Crioulas de Minas Gerais, entre outras atuações importantes.

Jaboticatubas se insere em uma área de cerrado, mais especificamente na Serra do Cipó. Apesar de oficialmente estar inserida na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), Jaboticatubas tem pouca relação com a capital em comparação às demais cidades da RMBH. Praticamente não há políticas para o campo e as recentes conquistas para a agricultura familiar, mesmo as previstas em lei, não estão sendo bem executadas. Recentemente, ainda, Jaboticatubas vem se tornando, com grande apoio do poder público, local atrativo para empreendimentos imobiliários, muitos deles contribuindo para aumentar o preço da terra e o custo de vida, dificultando ainda mais a reprodução do modo de vida rural.

A Amanu recebeu apoio do Fundo CASA para fortalecer o grupo de feirantes da Raízes do Campo através de capacitações em agroecológica, economia popular solidária, associativismo/cooperativismo, políticas públicas para a agricultura familiar, e melhoramento de seus produtos, possibilitando aumento na geração de renda e maior preservação ambiental. Melhorando a capacidade de atuação de forma coletiva., ela também conscientiza a população que visita a feira sobre a importância do consumo responsável e consciente de produtos agroecológicos, tradicionais e frescos, que aumentam a qualidade nutricional da família.

Donate

Family farming and agroecology are sustainable solutions that guarantee the livelihood of families that choose to live in the country, while securing food for those who live in the city. CASA invests in community initiatives that prefer to produce organic food while regenerating and/or maintaining the forests and natural areas around them.  Learn about same projects:

Eco-Vida in the Barreirinhas Cerrado

The Barreirinhas Human Rights Center (CDHB) is a Maranhão organization that works with communities involved in environmental preservation, seeking to avoid deforestation by monoculture companies. It also tackles other environmental issues in Barreirinhas municipality and surrounding areas.

In 2013, the CASA Fund supported the CDHB to improve practices of managing, gathering, and processing Cerrado fruits and the native Melipona bee honey in the communities. This helped take better advantage of the Maranhão Cerrado and its fruits, such as mangaba (Hancornia speciosa), souari nut (Caryocar brasiliense), nance (Byrsonima crassifolia), bacuri (Garcinia madruno), among others. With this help, the community was able to fence off the areas where these managed species were located, purchase equipment for cultivation and pulp storage, build installations for agroextractivist production, and organize workshops on breeding bees and producing honey, as well as extracting fruit pulp.

Agroecology in Guapiruvú

People used to be arrested quite often in Guapiruvú, São Paulo state, for illegally extracting palm hearts in the Atlantic Forest Reserve near that region. Thanks to the microcredit program developed by the Guapiruvú Friends and Residents Association (AGUA), those same people are now planting and caring for thousands of palm tree seedlings, which together with banana trees form agroforests.

AGUA promotes economic development based on community work and respect for the environment, offering alternatives to predatory hunting and extraction. From a collective that distributes bananas to children brigades to collect garbage, from ecotourism to agroforestry (integrating sustainable agriculture to the natural forest), from research on medicinal plants to the microcredit program – AGUA seems to be doing it all.

Amanu defends the value and culture of rural people. It will not allow this way of life to perish.

Amanu is an example of how to positively influence society and take important initiatives. It organizes the Group of Street Market Vendors and the Group of Responsible Consumers of the Raízes do Campo Street Market in Jaboticatubas. It also coordinates the Cerrado Food Group, participates in the Metropolitan Forum on Young Adult Education, and the Minas Gerais Traditional Seeds Group, in addition to other relevant activities.

Jaboticatubas is located in the Cerrado region, more specifically in Serra do Cipó. Despite being officially part of Metropolitan Belo Horizonte, Jaboticatubas has few contacts with the capital as compared to the other towns in the Metropolitan Area. There is hardly any rural policy or recent family farming achievements; even those covered by legislation have been poorly implemented. With strong incentive from public authorities, Jaboticatubas is becoming of late an attractive area for real estate development. Many of those real estate projects have increased land prices and the cost of living, making it even more difficult to preserve the rural way of life.

The CASA Fund supported Amanu to strengthen the Raizes do Campo street market vendors group through capacity building in agroecology, popular solidarity economy, cooperatives, family farming public policies, and product improvement. This enabled increased income generation and better environmental preservation. By boosting the capacity to act collectively, Amanu also raises awareness among street market clients about the importance of responsible and conscious consumption of traditional and fresh agroecological products, thus increasing the quality of family nutrition.

PRIORITY AREAS

Recent Causes

100% Complete (warning)
100% Complete (warning)
100% Complete (warning)